Skip to main content

Posts

Showing posts from December, 2015

Alô, Chico

Esta semana, o compositor Chico Buarque foi interpelado por “populares” que foram-lhe questionar seu teimoso apoio irrestrito ao PT. Um dos rapazes bradou que “o PT é bandido” – um erro, pois mesmo o PT não pode ser generalizado. Chico retrucou com “o PSDB é bandido”, faltando-lhe qualquer centelha da habilidade com as palavras que desfila em suas composições. Chico também generalizou, tornou o embate maniqueísta e ratificou o racha do país promovido pela gestão petista. Chico, não é porque um partido parece-lhe bandido que você deve emprestar sua imagem para apoiar outro. Chico, se não tem nada a dizer, cale-se pois o Brasil já enjoou de vinho tinto.
Chico devia estar à toa na vida e não viu a banda passar nestes treze anos de governo do PT. Foi assim: havia um partido onde a honestidade morava, dizendo resolver as questões do Brasil. Finalmente, ele chegou ao poder e, com a rapidez de uma estrela cadente, começaram a brotar escândalos de corrupção. Mas pela sua lei (e às custas de en…

Esquerdo adquirido

Em tempos de troca de ministro da fazenda, com a escolha para o posto agraciando um aspone do governo federal com perfil desenvolvimentista (leia-se perdulário), o risco de o ajuste fiscal ser adiado aumenta bastante. Num de seus poucos acertos enquanto ministro, Joaquim Levy, já de saída, escreveu para Dilma que a única forma de evitar uma hecatombe fiscal é reformar a previdência.
O problema previdenciário é simples e conhecido. Diversos países e empresas já o vivenciaram: à medida que as pessoas vivem mais tempo e as taxas de natalidade caem, a poupança dos mutuários na ativa torna-se incapaz de financiar os benefícios correntes dos aposentados. Se o sistema não for bem equacionado, o desequilíbrio cresce de forma exponencial e quebra o patrocinador: não se trata de futurologia e sim de álgebra. Dilma e petistas podem dizer o que quiserem, mas 2 e 2 ainda são 4.
No Brasil, há alguns agravantes. O sistema previdenciário brasileiro é do tipo “pay as you go”, o que significa que não há …