Skip to main content

Posts

Showing posts from May, 2016

Os 33

“Os 33” é um filme que mostra a história dos 33 mineiros que ficaram soterrados depois do desabamento de uma mina de cobre no Chile. O acidente ocorreu em 2010 e, graças a um trabalho coordenado e eficiente de autoridades e técnicos, todos os 33 trabalhadores foram resgatados com vida após incríveis 69 dias aprisionados a 700 metros de profundidade. Esta operação de salvamento, merecidamente, é motivo de orgulho nacional no país.
No Brasil, também temos nossos “33” – os trinta e três bárbaros que recentemente promoveram e filmaram o estupro coletivo de uma jovem de 16 anos. Não há palavras para descrever esta monstruosidade. Ela é a antítese do resgate chileno, pois soterra a sociedade ordeira sob o medo e a desesperança.
Estupro é crime hediondo. Filmá-lo é requinte de crueldade.  Estupro coletivo com 33 homens, no entanto, ganha status de tortura.
Os parlamentares e artistas de esquerda que – com razão – se enojam quando Bolsonaro enaltece um ex-torturador, têm suas mãos manchadas …

MinCana que eu gosto!

Artistas reclamando sem parar sobre o fim (efêmero) do MinC, que novidade... Nossos artistas adoram reclamar, mas não percebem que quem reclama muito perde a coerência em algum momento.
Reclamaram da meia entrada mas pedem maior disseminação da cultura.
Reclamaram dos sistemas de compartilhamento de arquivos mas querem que a cultura chegue aos mais pobres.
Reclamaram da censura no regime militar mas se apressam em censurar biografias não-autorizadas.
Reclamaram do fim do MinC mas não comemoraram seu retorno.
Os artistas adoram aparecer defendendo os “fracos e oprimidos” com discursos fatigados de esquerda. E não é só aqui no Brasil: Sean Penn e Danny Glover servem de exemplos patéticos em outras terras. Assim como Chico, Caetano e outros tupiniquins, dizem-se defensores da democracia mas enaltecem Chávez e Castro.
O caso de Cuba, um hit no meio artístico, é risível. Como alguém que se proclama democrata faz apologia de um regime que ocupa o poder há quase 60 anos sem nunca ter recebi…